Tale as old as time

Dois ou três anos atrás, foi divulgado um estudo divulgado pela Royal Society Open Science realizado pelo antropólogo Jamie Tehrani e pela folclorista Sara Graça da Silva que na minha bolha do Facebook foi compartilhado várias vezes, ao menos os links traduzindo a história para o português. A atração era simples: as matérias davam ênfase…

Nasrudin

Há um tipo de personagem que você usa em uma história assim como um jogador de xadrez utiliza suas peças no tabuleiro: eles cumprirão a sua função exclusivamente, seus movimentos serão sempre os mesmos e sua eficiência dependerá da estratégia do jogador. Você precisa de um guerreiro puro e valoroso? Inclua Lancelot na sua história.…

O Barba-azul

  Foi Edgar Allan Poe quem sugeriu que, se um bom contista deseja afetar o seu leitor de uma determinada maneira, ele deve apresentar uma unidade, onde cada detalhe exista em função desse efeito desejado. Ele não falava especificamente de contos ou histórias de terror, mas é onde sua influência é maior e também o…

Um Contador de Histórias

Vira e mexe perguntas como “Qual foi o primeiro livro que leu?”, “O primeiro filme que viu?”, “A primeira peça de teatro?” aparecem ao acaso. Uma vez que a memória é construída de forma criativa, as respostas costumam ser igualmente inverídicas e honestas. São bem mais raras as perguntas sobre “Qual a primeira pintura que…

iZombie: Seu Lunga e a as críticas

Há um personagem folclórico nordestino, o Seu Lunga, que ficou famoso na literatura de cordel e anedotas populares pelo mau humor e rispidez ao responder as conhecidas “perguntas cretinas”. Peculiarmente, Seu Lunga foi uma pessoa real que conseguiu na justiça a proibição da circulação de cordéis, que contavam essas histórias, alegando que eram falsas; o…