A Raposa e as uvas

  A raposa nunca se esqueceu das uvas. Um dia, ela tentou caçar um coelho, que por sorte, conseguiu escapar enfiando-se em uma toca no oco de uma árvore que era muito estreito para a raposa passar. O felpudo lagomorpho quando viu a frustrada caçadora se afastar, meteu o focinho rosado pela fresta, farejou o…

Loucuras e Jabuticabas

Aconteceu em Sabará, com um menino chamado João, que depois de ler Dom Quixote, decidiu enlouquecer com uma loucura inventada e passou a confundir as duas coisas que mais adorava: livros e jabuticaba. Bastava entrar na biblioteca que começava a querer descascar os livros, arrancando-lhe as capas, e a tentar chupar as páginas. Túlio, o…

A Atiradora de facas e o seu alvo

E assim nas calhas de roda Gira, a entreter a razão, Esse comboio de corda Que se chama coração (Fernando Pessoa)   Os braços indicam as horas e as pernas indicam os minutos e começam a girar, girar, girar… A cidade inteira dorme. Carina acorda e, envolta em uma manta branca bordada com uma rosa,…