O Narrador de Walter Benjamin

benjamin_1_0

Há um conto de Leskov, A pulga de aço, que trabalha com alguns temas muito semelhantes aos temas do Rouxinol de Andersen. Em ambos, um animal mecânico estrangeiro transforma-se em atração da alta sociedade e o imperador (ou czar) encontra no coração de seu reino talentos naturais (ainda que na pulga, seja um talento igualmente mecânico) superiores. Leskov usa de ironia e crítica social no lugar do melodrama moralista de Andersen, mas ambos simbolizam bem o Narrador do ensaio de Walter Benjamin.

Escrito no começo do século XX, Benjamin usa a obra de Leskov como ponto de partida para tratar um assunto importante, que muitos leitores modernos, levados pelo pessimismo do autor, pensam ser o desaparecimento da figura do narrador tradicional. Sim, o texto toca no assunto, mas essa é uma visão de um judeu no entre guerras na Alemanha. O principal tema é a função das narrativas em todas as sociedades e épocas, inclusive agora.

Apesar de mencionar a origem oral das narrativas, as características que importam para Benjamin são encontradas também nas narrativas escritas. Para ele, uma narrativa não é apenas um simples encadeamento de eventos, que são seguidos da última à primeira página (ou palavra), mas sim uma organização espacial de eventos e símbolos que permitem à audiência um compartilhamento de experiência. Não é ensino, pois o narrador não compartilha o que sabe, mas sim o que vivenciou para permitir que o outro possa descobrir a sua própria ressignificação destes eventos.

Benjamin diz que o mestre tradicional se beneficia de um distanciamento temporal e espacial de sua plateia e dos eventos. A proximidade de um evento torna difícil a capacidade de atribuir significados a esses eventos e a primeira guerra mundial foi um período de exaustação do homem comum europeu, daí o pessimismo de Benjamin em encontrar esses narradores capazes de transformar as histórias do período em novas formas. Somam-se a isso duas importantes mudanças do século XIX: o discurso científico, que, se dotado de conhecimento, tem na forma uma disposição diferente das narrativas tradicionais, já que ensina e apresenta o conhecimento pronto. Não há uma troca de experiência, sim dos resultados destas experiências e tampouco uma narrativa dos tropeços, que se existem, não é relevante para a divulgação científica.

Além disto, foi o início da época da comunicação de massa, que constrói um tipo de relação diferente com a audiência. De certa forma mais egocêntrica, a mídia de massa tende a dizer que o outro deve ser e não permitir espaço para a sua própria construção individual.

Apesar disso tudo, o narrador tradicional não desapareceu. As décadas que se seguiram ao falecimento de Benjamin foram de redescobertas e mesmo que não tenha acontecido um resgate das tradições passadas (já que apenas quem viveu essas tradições pode transmiti-la), novas tradições foram reconstruídas e o espaço dos narradores foi reordenado. Ainda assim o texto de Benjamin permanece intocável como leitura fundamental daqueles que estudam a narrativa tradicional. Por quê?

Por que a principal narrativa é a busca do personagem pela sua pátria e identidade e nesse sentido, o texto de Walter Benjamin é uma narrativa sobre a busca que todos narradores, em todos os momentos, estão empreendendo.

O Narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov de Walter Benjamin pode ser encontrado em diversas coletâneas do autor, como : Walter Benjamin: Magia e técnica, arte e política da editora Brasiliense.

originalmente publicado na página da Cia. Arreleque


#narrador #walterbenjamin #leskov #livros #literatura

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s